Quem somos

A Obra Kolping é um movimento social, popular, católico e sem fins lucrativos a serviço do trabalhador e sua família, e historicamente zela a favor da juventude. Presente em cerca de 60 países, foi fundada pelo Beato Adolfo Kolping (1813-1865), em Colônia, Alemanha, no dia 6 de maio de 1849.

A primeira Comunidade Kolping da América Latina foi estabelecida em Buenos Aires, na Argentina, no ano de 1923. Neste mesmo ano, a primeira Kolping do Brasil foi fundada na cidade de São Paulo, onde fica a atual Sede da Obra Kolping do Brasil. Os estados de São Paulo, Santa Catarina e Mato Grosso foram os lares das primeiras Comunidades Kolping do país. Hoje, o movimento atua em pelo menos 213 comunidades, com 7.700 associados pelo Brasil.

A entidade tem por objetivo a promoção integral do homem e da mulher, priorizando serviços para a criança e o adolescente, a juventude, o trabalhador, a trabalhadora e os idosos: mediante assessoramento, defesa e garantia de direitos, por meio de programas e/ou projetos de ação e formação nas áreas: religiosa, de profissionalização e geração de renda, social, familiar, educacional, cultural, recreativa, esportiva, de lazer, de inclusão digital, de moradia, de turismo e de meio ambiente visando a sua melhor participação na família, no trabalho e na sociedade.

Por quase três décadas, a Obra Kolping está presente em Guarapuava. Dentre os objetivos da entidade, estão: promover a formação profissional e solidificar os ensinamentos cristãos na construção da dignidade humana.

Está comprovado que o trabalho, além de dignificar o ser humano, também é capaz de transformar as coisas e melhorar a situação das pessoas em qualquer lugar que seja. Através do trabalho, as mudanças ocorrem. Uma cidade, um bairro, uma vila, uma comunidade, enfim, onde as pessoas tenham a oportunidade de trabalhar, nota-se, com nitidez, que a alegria flui e que tudo se transforma. As famílias são mais unidas e felizes onde há trabalho e novas oportunidades. As crianças podem crescer, estudar e viver a dignidade em sua plenitude onde o trabalho não falte a seus pais.

Há que se destacar que nenhum trabalho pode sair bem-feito se não houver a preparação, a profissionalização e, principalmente o incentivo calcado em valores morais e éticos que lhes dê suporte.

Nos últimos tempos, muito se fala em cursos técnicos em aberturas de oportunidades de profissionalização para muitas pessoas por parte de muitas esferas. Isto é importante, é vital para a sociedade. Sem este espaço onde as pessoas possam se preparar adquirindo conhecimento, a certeza de um caos total seria iminente.

Na Igreja Católica, há muitos anos um movimento ganhava corpo e oferecia apoio profissional para o trabalhador e sua família no sentido de amenizar os problemas cada vez mais crescentes em uma sociedade voltada ao capitalismo e ao consumismo. Este movimento é conhecido mundialmente por Obra Kolping.

A Obra Kolping foi fundada por Adolfo Kolping, em 06 de maio de 1849, em Colônia, Alemanha. Kolping era um sapateiro que aos 31 anos se tornou padre. Atualmente, os trabalhos desta obra social estão presentes em 40 países. No Brasil, onde sua atuação é incisiva e significativa, a Obra Kolping se faz presente em 200 comunidades. Dirigentes e associados são empenhados em melhorar as condições de vida da população do seu bairro e município, na busca por atender ao apelo do seu fundador, (beatificado no dia 27 de novembro de 1991, pelo Papa João Paulo II) que tem por objetivo principal, tornar as pessoas em trabalhadores autênticos, bons pais de família primando pela competência, além de se posicionar na sociedade como cidadãos conscientes.

Na formação profissional oferecida pela Obra Kolping, há sempre espaço para a profissionalização e apoio aos pequenos empreendimentos de trabalhadores autônomos, e pequenos produtores rurais. Além disso, há incentivo à participação dos trabalhadores em associações e organizações que defendam seus interesses no sentido da coletividade, do cooperativismo.

A Obra Kolping prima pelo apoio eficaz de caráter subsidiário, acompanhados de estímulos e educação. Este apoio é destacado pela entidade como “ajuda para autoajuda”.

Formação e Ação

Toda ação da Obra Kolping se baseia na vida comunitária de seus membros reunidos em pequenos grupos com visão nos valores familiares focados na consciência humana. Nestes grupos, a fé cristã deve traduzir-se em prática para a construção de uma sociedade melhor.

Tal ação visa aplicar todos os esforços em projetos de assistência e promoção social, com foco no profissionalismo, sempre com passos, embora pequenos, firmes e significativos na vida de quem faz parte destes serviços.

Na medida em que os conhecimentos vão sendo absorvidos, novas metas são estipuladas. Dentre essas metas, destacam-se organização popular, movimentos sociopolíticos, com o intuito de renovar as estruturas organizacionais e familiares, no que, neste aspecto, já é considerado um grande passo.

Formação e Ação são dois elementos que devem estar sempre presentes em todas as atividades da Obra Kolping. A Comunidade também prima pelos ensinamentos éticos e morais numa escola que tem na prática diária os amplos exercícios da democracia e da cidadania.

Kolping no Paraná

No Estado do Paraná, a Obra Kolping tem sede em Guarapuava e foi fundada no dia 13 de fevereiro de 1987. Atualmente em todo o Estado, são sete comunidades. Destas, três estão no município sede, Guarapuava. As outras quatro se dividem entre os municípios de Inácio Martins, São Jerônimo da Serra, Inajá e Conselheiro Mairincki. Nas sete comunidades, a Obra Kolping agremia um total de 209 associados.

Escritório da Kolping Paraná

Os cursos profissionalizantes, bem como as atividades da Obra Kolping são bastante diversificadas com prioridade para as necessidades de cada região onde esta se encontra instalada.

Dentre as atividades desenvolvidas, destacam-se os Clubes de Mães em trabalhos realizados em conjunto com a Pastoral da Criança, Grupos de Jovens, Adolescentes e de Terceira idade que participam de atividades lúdicas e artísticas no intuito de promover a unidade e a amizade. Há também espaço para a realização de cursos profissionalizantes além de aulas de cunho artístico.

Com instalações amplas, o escritório central da Obra Kolping em Guarapuava que está situado no Bairro Santana, Rua Wilson Luiz Martins, 157, conta com alojamento com capacidade para acolher 40 pessoas, além de disponibilizar de cozinha e salas de palestras. No mesmo local, a Obra abriga salão de festas e oficinas de marcenaria.

O presidente da Obra Kolping em Guarapuava é o Irmão Carlos Wiszniewsky, da congregação Sociedade do Verbo Divino (SVD). Carlos explica que toda a estrutura da Obra é mantida através das taxas cobradas pelos cursos e também pelos aluguéis do salão. No entanto, ele salienta que a maior parte dos recursos para manter o funcionamento das atividades advêm de doações por parte da comunidade.

Desde que foi fundada em Guarapuava, a Obra Kolping já beneficiou mais de mil famílias com seus programas de formação.

Missão:

A promoção integral do homem e da mulher, principalmente do trabalhador e da trabalhadora mediante assessoramento, defesa e garantia de direitos, programas e/ou projetos de ação e formação nas áreas: religiosa, de profissionalização e geração de renda, social, familiar, educacional, cultural, recreativa, comunicação social, esportiva, de turismo e de meio ambiente, visando a sua melhor participação na família, no trabalho e na sociedade.

Metas:

Defesa e garantia de direitos

Visão:

A melhor participação de cada indivíduo na família, no trabalho e na sociedade.

Valores:

 Religião, Trabalho, Recreação, Família e Sociedade.